A cidade de San Sebastián estende-se ao longo de uma baía de areia branca entre as colinas Urgull e Igeldo. Uma vila pesqueira, uma ampliação da cidade senhorial e distritos modernos fazem desta cidade uma das mais atraentes do litoral Cantábrico. O Museu de San Telmo, o Pente do Vento ou o Kursaal são exemplos de como a cidade combina em seu traçado a tradição com a modernidade. Por sua vez, a província de Guipúzcoa, da qual San Sebastián é a capital, funde o mar e as montanhas, oferecendo ao viajante, além de interessantes monumentos, paisagem, esportes, gastronomia... uma gastronomia, a vasca, de reconhecido renome internacional.

 

O traçado urbano de San Sebastián espalha-se de frente para a Baía de La Concha. O Monte Igeldo marca o limite em um dos extremos, uma torre de observação perfeita para desfrutar da vista sobre a cidade. A seus pés fica a Ponta Torrepea, onde foi instalado o "Pente do Vento", grupo escultórico do famoso artista basco Eduardo Chillida. Aí mesmo começa a Praia de Ondarreta, emoldurada por uma área repleta de jardins e pelo Pico del Loro. Este foi o local escolhido pela rainha Maria Cristina (séc. XVIII) para construir o Palácio de Miramar, sua residência de verão. Uma linda avenida à beira-mar de elegantes balaustradas e postes de luz percorre a Praia de La Concha, em cuja areia fica o Balneário La Perla del Océano, antiga casa real de banhos. Olhando sempre para o mar chega-se ao antigo Casino, hoje Prefeitura da cidade. Nesta área, entre o mar e o Rio Urumea,  encontra-se o bairro antigo e no caminho para o  monte Urgull, o cais esportivo e o bairro dos pescadores. O cume do monte Urgull é dominado pelo Castillo de la Mota e por uma escultura do Sagrado Coração. Uma trilha nos leva ao cume, enquanto a outra contorna o monte chegando até o quebra-mar.

 

San Sebastián

ES

Eventos e Comunicação